PROFESSOR DO DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA E PÓS-GRADUAÇÃO É DESTAQUE EM RANKING INTERNACIONAL DE PRODUÇÃO ACADÊMICA

Publicado em: 21/10/2021 17:58:29

PROFESSOR DO DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA E PÓS-GRADUAÇÃO É DESTAQUE EM RANKING INTERNACIONAL DE PRODUÇÃO ACADÊMICA


PROFESSOR DO DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA E PÓS-GRADUAÇÃO É DESTAQUE EM RANKING INTERNACIONAL DE PRODUÇÃO ACADÊMICA

 

O Professor Doutor Adnilson de Almeida Silva do Departamento de Geografia e do Programa de Pós-Graduação Mestrado e Doutorado em Geografia (PPGG) da Universidade Federal de Rondônia – UNIR figura como um dos quatro professores pesquisadores da UNIR reconhecidos entre os principais da América Latina pelo AD Scientific Index 2021, um sistema avaliativo independente do desempenho acadêmico, conforme veiculado em https://unir.br/index.php?pag=noticias&id=29527. Os resultados podem ser acessados diretamente em https://www.adscientificindex.com e nele se encontram os nomes dos pesquisadores e respectivas instituições.

Por este ranking o Professor Adnilson ficou em primeiro lugar na UNIR. O Docente tem atuação nas áreas de Geografia, populações tradicionais e indígenas, bem como produzido acadêmico-cientificamente em periódicos, livros e orientado dissertações e teses, principalmente, relacionadas às territorialidades indígenas.

Para o Professor Adnilson de Almeida Silva, o fato de ser mencionado foi uma grata surpresa se fazer presente no ranking, ao tempo que entende que isso dá visibilidade ao Departamento e ao PPGG em termos de produção científica perante à academia e à sociedade. Neste sentido, afirma o professor “agradeço a todos os colegas que integram o Departamento e a Pós, visto que a pesquisa não se faz exclusivamente sozinho, também parabenizo os demais professores da UNIR que foram destacados e que incansavelmente tem proporcionado estudos e pesquisas relevantes em Rondônia e na Amazônia, de modo que reconhecemos seu importante em nossa sociedade. Esperamos que na próxima avaliação mais docentes da UNIR, como um todo, possam também integrar o AD Scientific Index e outros indicadores de produção científica”.

 

Fonte: GENTEH/UNIR; PPGG/UNIR e Departamento de Geografia